Extrato de Magnólia supera medicamento contra câncer

03/07/2015 14:56

Extrato de Magnólia

O honokiol, composto extraído da magnólia, mostrou-se mais eficaz do que o principal medicamento contra os cânceres de cabeço e pescoço.[Imagem: Michael Warren/Wikimedia Commons]

O extrato de magnólia vêm sendo usado há séculos pela medicinas tradicional da China e do Japão, com uma série de indicações terapêuticas.

Uma dessas aplicações, demonstrada recentemente, envolve o honokiol, um extrato da magnólia eficaz contra a hipertrofia cardíaca.

Descobertas recentes comprovam que o honokiol também tem eficácia  contra o câncer.

O fitoquímico honokiol – cuja fórmula química é C18H18O2 – parece explorar várias rotas bioquímicas para fazer regredir várias espécies de tumores.

A equipa do professor Santosh Katiyar, da Universidade do Alabama (EUA), concentrou-se nos tumores da cabeça e do pescoço, que geralmente são oriundos de fumadores e utilizadores de bebidas alcoólicas.

Melhor do que o medicamento

Os pesquisadores testaram o honokiol em linhagens celulares derivadas de tumores de humanos da cavidade oral, laringe, língua e faringe. Em todos os casos, o fitoterápico “desligou” as células tumorais.

A equipa também fez testes contra tumores implantados em ratos, com resultados semelhantes.

O composto fitoterápico bloqueia uma proteína chamada receptor do fator de crescimento epidermal (EGFR).

Segundo a equipa, o honokiol liga-se a esses receptores de forma mais forte do que o medicamento gefitinib, o mais comum no tratamento dos tumores de cabeça e pescoço.

“De forma conclusiva, o honokiol parece ser uma pequena molécula fitoquímica bioativa interessante para combater tumores da cabeça e do pescoço.

Esta substância pode ser utilizada sozinha ou em combinação com outras drogas terapêuticas disponíveis,” concluiu Katiyar.

Fonte: Diário de Saúde
Atualização: ProfDrJF