Ressonância Schumann [Equilíbrio e Saúde]

11.05.2015 20:00

Ressonância Schumann, Batimento Cardíaco da Terra e as Horas Reais

Ressonância Schumann [Equilíbrio e Saúde]

Ressonância “Schumann”_tempo real

A ressonância Schumann é um dos vários campos eletromagnéticos naturais que cercam o nosso planeta.

O físico atmosférico alemão W. O. Schumann (1888 – 1974) foi o primeiro estudioso a publicar um estudo científico sobre o assunto em meados dos anos 1950 e, por esse motivo, essa ressonância foi nomeada em sua homenagem.

Entretanto, 60 anos antes, o gênio Nicolas Tesla já havia detetado essa ressonância com sucesso enquanto estudava uma gigantesca tempestade de raios e trovões.

Ressonância “Schumann_camadas da terra

Ressonância “Schumann”_atmosfera

A Ionosfera é uma das camadas atmosféricas localizada entre sessenta e mil quilômetros acima da Terra.

Essa camada possui uma atividade elétrica abundante pois está repleta de radiação ionizada emitida pelo Sol.

Schumann provou que o espaço entre a superfície terrestre e a ionosfera forma uma cavidade ressonante.

A energia acumulada nessa cavidade gera longas ondas eletromagnéticas com uma frequência extremamente baixa.

Essa frequência ficou conhecida como ressonância Schumann e varia entre 5 e 50 hertz.

Anos mais tarde, o físico Bob Beck afirmou que essa frequência apresenta uma pulsação constante na ordem de 7,83 hertz.

Ressonância “Schumann”

Essa ressonância está de alguma forma conectada com a consciência humana, pois nossas ondas cerebrais operam nessa frequência.

Nos primórdios da exploração espacial, a NASA percebeu que os astronautas ficavam desorientados e doentes quando submetidos a ambientes onde a ressonância de Schumann não estava presente.

Ficou claro que o corpo humano precisava dela para funcionar perfeitamente.

Hoje em dia, todas as aeronaves espaciais da NASA são equipadas com um aparelho que simula a frequência de 7,83 hz.

schuman0brain

Em consequência destes desequilíbrios ecológicos têm surgido:

  • Perturbações climáticas;
  • Maior atividade dos vulcões;
  • Crescimento de tensões e conflitos no mundo;
  • Aumento geral de comportamentos desviantes nas pessoas, entre outros.

Devido à aceleração geral, a durabilidade do dia (24 horas), vem diminuindo e neste preciso momento, é somente de 16 horas.

Ressonância “Schumann”_horas reais

Em resumo “a perceção de que tudo está passando rápido demais não é ilusória, mas teria base real nesse transtorno da ressonância Schumann”.

As mudanças no interior da Terra têm afetado os padrões de sono, os relacionamentos, o sistema imunológico e até a perceção do tempo que o tempo tem.

Em resumo “a perceção de que tudo está passando rápido demais não é ilusória, mas teria base real nesse transtorno da ressonância Schumann”.

As mudanças no interior da Terra têm afetado os padrões de sono, os relacionamentos, o sistema imunológico e até a perceção do tempo que o tempo tem.

A realidade é que ressonância da Terra (Ressonância de Schumann) foi de 7.8Hz durante milhares de anos e desde 1980 tem subido para mais de 12Hz. Isto significa que agora 16 horas são equivalentes a um dia de 24 horas.

O movimento da rotação da terra aumentou e como consequência corpo físico já iniciou a sua adaptação.

Com isto existe a possibilidade de o ser humano passar de um DNA de 2 cadeias para um de DNA de 12 cadeias.

Ressonância “Schumann”_DNA 2 cadeias     

Ressonância “Schumann”_DNA ativação

Com o aumento do movimento da rotação da terra, o corpo físico iniciou uma adaptação como resultado da subida da ressonância da Terra 7,8 para 12Hz.

por este fato a Hiperatividade [TDAH], a Criança Índigo ou a Criança Cristal, já são resultado desta consequência.

Ressonância “Schumann”_Hiperatividade       

Ressonância “Schumann”_Hiperatividade-1

Fontes: Leonardo Boff, Nasa
Revisão e atualização: Prof. Dr. Jorge Fonseca